Carnaval de rua na Av. 23 de Maio atrai mais de 1 milhão de pessoas em Sampa


São Paulo - Milhares de foliões acompanham o bloco Chá Rouge na Avenida 23 de Maio, que está sendo utilizada a primeira vez para a passagem de blocos no carnaval (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Milhares de foliões acompanharam os desfiles na Avenida 23 de MaioRovena Rosa/Agência Brasil

O domingo de Carnaval reuniu cerca de 1,47 milhão de pessoas na capital paulista. Só na Avenida 23 de Maio, que recebeu blocos carnavalescos pela primeira vez ontem (12), passaram cerca de 1,2 milhão de pessoas, segundo estimativa da prefeitura municipal. O Sambódromo do Anhembi, por onde desfilaram ontem oito escolas do grupo de acesso, e que teve transmissão ao vivo da TV Brasil, recebeu cerca de 20 mil pessoas.



As ruas da capital paulista receberam ontem 46 blocos carnavalescos, entre eles, um que contou com a presença do cantor Sidney Magal, na Praça da República, no centro. Os maiores blocos, no entanto, se concentraram na Avenida 23 de Maio e foram bem recebidos pela população, embora com relatos nas redes sociais de confusão no local.

Procurada pela Agência Brasil, a Polícia Militar disse, por meio de nota, não ter sido notificada sobre qualquer irregularidade no trabalho de seus agentes durante o Carnaval e que vai apurar os relatos feitos pelos foliões.

Atendimentos médicos, lixo e multas

Segundo a prefeitura, as equipes de saúde municipais realizaram 131 atendimentos médicos no Sambódromo do Anhembi. Já nas ruas da capital foram 395 atendimentos. Entre sexta-feira e ontem, foram coletadas 572 toneladas de lixo nas ruas e no Sambódromo.

A prefeitura informou ainda que 1.134 sacos com produtos irregulares e 13 carrinhos foram apreendidos nos bairros da Sé, Vila Mariana e Pinheiros, por onde passaram a maioria dos blocos carnavalescos. Também foram emitidas 78 notificações de multa para pessoas que foram pegas urinando nas ruas da capital.


ÚLTIMAS DE INTERNACIONAL

%d blogueiros gostam disto: